06/2016 - Blog Arena dos Marrecos - Arena dos Marrecos

Ir para o conteúdo

Menu principal:

E3 - Impressões FIFA17 e PES 2017!

Publicado por Da Redação em Games · 20/6/2016 00:00:00

FIFA 17
E começamos com aquele que apresentou mais novidades: Fifa 17

Como muitos de vocês já devem saber, o novo jogo de futebol da EA vai fazer mudanças radicais. 
Muda o motor gráfico, saindo a Ignite Engine e entrando a Frostbite, engine na qual foi feito o belíssimo Battlefront. Ou seja, isso provavelmente vai fazer com que vejamos gráficos muito mais bonitos no jogo, tanto para os jogadores em si quanto para o ambiente, público e outros pequenas nuances, já que o nível de detalhe que este motor permite é drasticamente maior do que o antigo. 

Além disso, durante a apresentação a EA anunciou que uma nova física também será implementada no jogo, mudando consideravelmente a maneira com que os jogadores interagem com e sem a bola, com os jogos de corpo também sendo melhorados. Além destas mudanças foram prometidas também novidades nas finalizações dos jogadores e na inteligência artificial, todavia maiores detalhes não foram explicados.

O destaque, no entanto, ficou para a apresentação do modo carreira em Fifa 17. 
Chamado de The Journey, a EA promete um modo história interessante para o novo rei dos jogos de futebol virtual. Provavelmente veremos algo aos moldes do modo carreira dos jogos NBA da 2K, onde o jogador vai ajudar a escrever a história de Alex Hunter, um atleta em início de carreira que tem o sonho de se tornar um dos grandes do esporte e, quem sabe, vir a jogar por sua seleção.

Sinceramente este que lhes escreve ficou muito animado com esta novidade. Se nos for entregue algo semelhante ao que a 2K vem realizando com os NBA2Ks da vida, será uma experiência incrível jogar este novo Fifa. 

Nova engine, nova física e modo história. O jogo promete. Quer mais? Quer aquela cerejinha do bolo? 
A EA, pela primeira vez, vai focar nos técnicos e foram prometidos todos os 20 comandantes da Premier League neste próximo jogo da série. Ainda não ficou claro se haverá um modo de jogo focado neles ou se essa adição será meramente contributiva para a ambientação e a imersão no game.

PES 2017
Nesse primeiro dia de conferência da E3, tivemos o prazer de visitar a Konami e jogar a versão alpha de PES 2017. Fomos recebidos pelo André Bronzoni, gerente do jogo para as Américas, que falou bastante sobre as novidades do jogo e nos deu uma entrevista ao final (que está no final deste texto também).

É importante frisar que a Konami deixou claro que irá investir pesadamente no PES 2017 a fim de retomar o marketshare perdido para o FIFA. Já na apresentação das novas funcionalidades do jogo, pudemos perceber que o foco será direcionado quase que exclusivamente no gameplay. A produtora se preocupou em proporcionar uma experiência muito mais realista, mas que ao mesmo tempo trouxesse o que mais importa em um jogo, diversão. Tudo isso se dá por meio de funcionalidades novas do jogo como:

Toque real: Através dessa funcionalidade, o jogador terá um toque na bola mais cadenciado, tanto ao carregar a mesma quanto no momento do primeiro toque. Ao jogarmos, ficou nítido que a movimentação da bola após o toque do jogador está mais realista. Notamos que há uma precisão maior de passe e controle de bola, o que oferece uma gama maior de jogadas possíveis.

Passe Preciso: Juntamente com o “Toque Real”, essa funcionalidade vai trazer também maior precisão quando o jogador for tocar a bola para outro. Assim que jogamos já percebemos que os passes estão não somente bonitos, mas mais realistas e precisos graças à Fox Engine.

Visual autêntico: Novamente, graças à Fox Engine (que está muito mais madura agora), a representação dos jogadores está incrível. Os belos gráficos apresentados junto à mecânica mais fluida e cadenciada fazem o jogo ser bonito de se jogar e assistir. Assisti alguns replays com afinco para perceber os mínimos detalhes de tudo que acontecia nas jogadas. Além disso, os movimentos dos jogadores foram completamente aprimorados (inclusive a movimentação dos braços e pernas). Isso dá uma naturalidade fenomenal ao jogo.

Goleiros confiáveis: A Konami tomou muita bronca na versão do ano passado para aprender a tomar maior cuidado na programação dos goleiros. Fora uma saída do gol louca do Neuer, não tivemos muitos problemas quanto a bugs ou reações idiotas dos arqueiros. Esperamos que a versão final do jogo esteja consistente nesse sentido também.

Controle total do time: Pela primeira vez, será possível ter um total controle de todos os jogadores rapidamente em diferentes situações. Caso seja necessário, o jogador poderá mandar o goleiro para o ataque no desespero para jogar como um atacante naquele sufoco final, por exemplo. Será possível até fazer aquela velha catimba argentina quando a partida estiver no fim.

Controle de escanteio: Agora será possível mudar a tática de todos os jogadores dentro da área nos momentos de escanteio fazendo jogadas ensaiadas que poderão confundir os adversários. Na partida que jogamos, fiz isso algumas vezes. Gosto muito de fazer jogadas diferenciadas no escanteio, e agora isso ficou bem mais fácil. Vale lembrar que as diferentes táticas poderão ser pré-programadas no direcional para facilitar no momento da partida.

Inteligência Artificial Adaptável: Este talvez tenha sido o ponto que mais me deixou animado. A IA do jogo irá perceber a forma como o jogador joga, quais jogadores ele mais utiliza, quais jogadas são mais feitas e qual lado do campo é mais explorado e irá se adaptar para neutralizar o adversário. Essa nova funcionalidade ficou clara na partida que jogamos quando o time do Coimbra passou a fazer marcação dupla no meu lateral direito e populou muito mais a região. Isso fez com que eu tivesse que variar a forma como jogava dentro da partida, o que trouxe um desafio maior.

Compartilhamento de imagens customizadas: Agora será possível compartilhar imagens customizadas entre jogadores. Essa função estará disponível somente para PS4, vale ressaltar.

Melhorias nos olheiros do MyClub: Diferentemente das versões anteriores, os olheiros agora passarão a procurar novos jogadores conforme os desejos do técnico. Não pudemos testar essa funcionalidade na E3, mas fico feliz que essa funcionalidade tenha sido acrescentada. Isso, aliado ao fato de que será possível treinar os jogadores para aumentar seus atributos, poderá ser uma estratégia fenomenal para melhorar os times.

Melhorias na Master League: 22 novos roles foram criados para jogadores da Master League. O estado de ânimo e o role de cada um irá influenciar na moral do tome como um todo. Além disso, será possível emprestar jogadores para outros times para que esses ganhem mais experiência e retornem com habilidades aprimoradas.

Por fim, o André nos informou que algumas das maiores críticas do ano passado terão uma atenção maior, como os juízes (que estarão mais rigorosos) e a frequência de updates (que será semanal). Além disso, a licença da UEFA Champions League será mantida. A empresa não pôde nos informar mais sobre outras licenças, como o Campeonato Brasileiro e a Libertadores, mas nos informou que essas informações seriam reveladas mais próximo da Gamescom em agosto.

Jogamos duas partidas. Nas duas percebemos que o jogo realmente está mais cadenciado, com uma fluidez natural. As animações talvez sejam as melhores já vistas em um jogo de futebol. A forma como a Konami utilizou a Fox Engine para focar no gameplay foi simplesmente fenomenal. Apesar de estar em estágio alpha ainda, não percebemos bugs ou situações absurdas por parte dos jogadores. Jogaremos novamente o jogo aqui na E3 e nos próximos eventos e traremos maiores informações assim que possível.



FIFA 17 - DATA DE LANÇAMENTO DEMO (rumor) E FULL GAME (oficial)!

Publicado por Da Redação em Games · 7/6/2016 00:00:00

NEWS - RUMORES FIFA 17

Publicado por Da Redação em Games · 3/6/2016 00:10:00
Avançar
contato@arenadosmarrecos.com.br
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal