Análise # DriveClub Bikes: Vale a pena? - Blog Arena dos Marrecos - Arena dos Marrecos

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Análise # DriveClub Bikes: Vale a pena?

Publicado por Renato em Games · 9/11/2015 15:27:00



Anunciado durante a Paris Games Week de 2015, DriveClub Bikes é uma nova expansão de DriveClub que traz ao palco as motocicletas de alto desempenho. A atualização foi disponibilizada no mesmo dia do evento para todos os jogadores, inclusive para aqueles que não possuem uma cópia do completa do game.

Será que a expansão faz jus ao investimento? Isso você confere agora em nossa análise!

Prefácio

Bikes é uma expansão stand-alone, ou seja, não precisa de uma cópia de DriveClub para ser jogada. Basta acessar a PlayStation Network e realizar a compra do conteúdo.

O jogo foi desenvolvido sobre a plataforma do DriveClub e mantém muitas das características do título original como músicas, pistas, elementos de jogabilidade, efeitos climáticos, etc.

driveclub-bikes

Contudo, a DLC tem seu charme próprio e adiciona experiências novas para os jogadores e incrementa o game original com uma adição muito bem-vinda.

Ao todo, a expansão conta com 42 eventos entre corridas, desafios de habilidade, corrida contra o tempo e campeonatos, além opções de corrida em multiplayer online.

As principais marcas se fazem presente: Honda, Yamaha, Ducati, Kawasaki, Honda, BMW, etc podem ser selecionadas e personalizadas em suas cores.

Visual

Mantendo o mesmo visual do título base, Bikes usa o mesmo motor gráfico, características técnicas (1080p a 30 FPS) e formas de renderização.

Tudo no game continua muito bonito e resplandecente, com destaque para os belíssimos efeitos climáticos dinâmicos. É impressionante observar como a Evolution Studios conseguiu reproduzir com muita competência as chuvas, nevascas, temporais, raios solares, etc.

Em certos momentos, principalmente ao sair de túneis, o intenso brilho do sol faz com que a visão fique ofuscada, comprometendo a visibilidade da pista, o que certamente ocasiona acidentes nas primeiras voltas em circuitos desconhecidos, forçando o jogador e ter domínio do circuito para um melhor desempenho.

No quesito visual, DriveClub observa todos os seus concorrentes no PS4 pelo retrovisor, definitivamente trata-se de um grande trabalho visual.

Jogabilidade

Também mantendo a fórmula do seu progenitor, DriveClub Bikes utiliza-se das mesmas mecânicas do modelo. O ponto negativo disso é a incorporação dos mesmos problemas do DriveClub original.

A jogabilidade de DriveClub Bikes é uma espécie de modelo híbrido com fortes raízes no arcade. A dirigibilidade das motos é de fácil assimilação, simples e sem rodeios. Não leva muito tempo para o jogador perceber que, ao contrário dos carros, com motos é necessário atacar com veemência as curvas, buscando a tangente.

É interessante observar que, mesmo utilizando as mesmas mecânicas, as motos se comportam de maneira bastante diferente dos carros. Estes, por incrível que pareça, são mais difíceis de domar.

Como em todo jogo de corridas, a sensação de velocidade é, talvez, um dos principais quesitos em relação a experiência. Neste sentido, o “novo” título propicia aos jogadores uma incrível e alucinante sensação de ver os cenários passando com rapidez. Acelerar as mais 12 modos disponíveis é realmente agradável.

Os controles simples e descompromissados contribuem e muito para deixar o gameplay divertido e acirrado. Fazer uma ultrapassagem a mais de 300km/h é algo bastante gratificante.

No entanto, nem tudo é destaque positivo. O falho sistema de punição está presente em DriveClub: Bikes. Basta o jogador, mesmo que sem intenção, sair da pista e cortar um pouco de caminho para que o jogo apresente na tela uma mensagem de punição, limitando por poucos segundos a velocidade do veículo.

Este sistema de punição é muito falho as vezes. Em várias situações os competidores adversários colidem com sua moto, fazendo com que você saia da pista, provocando uma punição para você, um completo absurdo!

Mesmo com esta derrapada, o game mantém uma elevada acessibilidade, o que contribuiu significativamente para a diversão.

Sonoridade

DriveClub mantém um estilo musical pouco variado, com músicas eletrônicas, de batidas e sem voz. Geralmente, em jogos de corrida, musicas mais animadas com artistas consagradas é um parâmetro de qualidade, o que não acontece neste caso.

Apesar de algumas adições, as músicas in-game não empolgam como deveria e mostram-se repetitivas com o tempo mas, isso já era um problema na versão original e era esperado o mesmo padrão nesta expansão.

Em relação ao som emitido pelas motocicletas, estes representam com fidelidade a potência e força das Duas Rodas. Cada modelo possui sons e características entre si, o que contribui para uma boa diversidade.

Considerações Finais

DriveClub Bikes é uma grande adição ao DriveClub, mostrando o comprometimento, dedicação e empenho da Evolution Studios em apagar as marcas do péssimo lançamento que o game original teve em outubro de 2014.

Variedades de eventos, pistas e acirradas disputas fazem de Bikes é uma ótima escolha para aqueles que desejam variar um pouco o estilo de gameplay, mesmo que muitas das características originais do game base ainda estejam presentes, a nova expansão tem seu brilho próprio.

Ficha:
DriveClub Bikes
Estúdio: Evolution Studios
Distribuição: Sony
Lançamento: 28/10/2015
Formato: Digital (PlayStation Network)
Preço: Stand-alone (para quem não possui o DriveClub): R$ 66,99 – Expansão (para quem já possui o DriveClub): R$ 45,90

AVALIAÇÃO: RECOMENDADO




Sem comentários

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal